Rankings Universitários Internacionais: evidências de vieses geográficos e orçamentários para instiuições brasileiras

Artigo publicado por pesquisadores da UNB, traz reflexões sobre a forma como rankings internacionais aplicam um viés inerente à natureza orçamentária e de características sociais e políticas, que impede a correta aferição, e consequentemente a competitividade das instituições brasileiras em dois dos principais rankings de alcance internacional